Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Polícia quer quebrar sigilos de advogado do PT citado pelo PCC

Polícia quer quebrar sigilos de advogado do PT citado pelo PCC
COMPARTILHE

A suposta parceria entre o PT e o PCC para derrubar uma portaria de Moro está na mira da Polícia Civil de São Paulo.

A Polícia Civil pedirá à Justiça de São Paulo a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Geraldo Luiz Mascarenhas Prado, advogado do Partido dos Trabalhadores (PT), informa a revista Veja.

O jurista é suspeito de ter recebido R$ 1,5 milhão da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para ingressar no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação contra uma portaria do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro

O suposto pagamento a Prado foi citado em uma mensagem tratando de prestação de contas do PCC no aplicativo WhatsApp e que estava em um celular de Décio Gouveia Luiz, o Décio Português, preso em 14 de agosto, como noticiou a RENOVA.

A mensagem que levantou as suspeitas de uma conexão entre o PCC e o defensor do PT esmiuçava o pagamento de R$ 3,2 milhões para advogados. 

A Polícia Civil também solicitará à Justiça a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Carlos Nicodemos e do Instituto Anjos da Liberdade.

De acordo com as mensagens no celular do membro do PCC, Nicodemos teria recebido R$ 1 milhão para mover na Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) uma ação contra a portaria de Moro.

Em postagem no Instagram, segundo o portal Yahoo, a advogada Flávia Fróes, presidente do Instituto Anjos da Liberdade, diz que já foi “atacada diversas vezes pela mídia e por algumas instituições do Estado”.

Em nota oficial, o PT afirmou desconhecer “qualquer suposta relação dos advogados que atuam no caso ou do Instituto Anjos da Liberdade com organizações criminosas”. 

O partido também acusou o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Moro de forjar a ligação do PT com o PCC.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários