- PUBLICIDADE -

Polícia recaptura mais de 500 presos após rebeliões em São Paulo

Polícia recaptura mais de 500 presos após rebeliões em São Paulo
Imagem: Reprodução/Twitter

- PUBLICIDADE -

517 presos foram recapturados pela Polícia Militar com apoio de agentes de segurança penitenciária.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) afirmou, nesta terça-feira (17), que a Polícia Militar recuperou 517 presos após rebeliões em quatro penitenciárias de São Paulo

Os motins foram motivados pela proibição imposta pelo governo Jair Bolsonaro à saída de detentos do regime semiaberto em razão do avanço da nova variante de coronavírus pelo Brasil.

Os presos ficaram sabendo, nesta segunda-feira (16), que não poderiam ser liberados nesta terça-feira (17) para a saída de Páscoa, antecipada por algumas penitenciárias neste ano.

Em nota, segundo a revista Veja, a SAP afirmou:

“O Grupo de Intervenção Rápida controlou a situação nos presídios de forma imediata. Até às 10h00 desta terça-feira (17), 517 presos foram recapturados pela Polícia Militar com apoio de agentes de segurança penitenciária. A SAP realiza a contagem para determinar o número exato de fugitivos.”

As rebeliões ocorrem nos Centros de Progressão Penitenciária de Mongaguá (Baixada Santisa), Tremembé e Porto Feliz, além da ala de semiaberto da Penitenciária II de Mirandópolis (interior de São Paulo).

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -