PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Polícia reprime protestos em Hong Kong contra nova lei pró-China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

China tenta impor lei de segurança nacional para combater os protestos pró-democracia.

As forças de segurança de Hong Kong reprimiram manifestantes que participavam de um protesto, neste domingo (24), contra a lei de segurança nacional que a China quer impor no território semi-autônomo.

Milhares de pessoas participaram do protesto no centro de Causeway Bay, mas a manifestação foi reprimida depois de os policiais afirmarem¹ que era um ato ilegal.

A polícia utilizou bombas de gás lacrimogêneo, canhões de água e spray de pimenta para dispersar as milhares de pessoas espalhadas pelo distrito. 

Em resposta à repressão policial, alguns manifestantes lançaram projéteis contra as forças de segurança, ergueram barricadas improvisadas e usaram os tradicionais guarda-chuvas para se proteger do gás lacrimogêneo e canhões de água.

A polícia de Hong Kong anunciou² 120 prisões ao longo dos protestos, que estão voltando a ganhar força após o enfraquecimento da pandemia de coronavírus.

O projeto de lei que o regime comunista apresentou, na última sexta-feira (22), no Parlamento tem como objetivo proibir a “traição, a secessão, a sedição e subversão” em Hong Kong, isto é, o fim dos protestos pró-democracia.

Confira no vídeo abaixo algumas das cenas de violência nos protestos em Hong Kong neste domingo (24):

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.