- PUBLICIDADE -

Polícia revela plano de milicianos para executar Marcelo Freixo

Polícia revela plano de milicianos para executar Marcelo Freixo
- PUBLICIDADE -

A Polícia Civil do Rio de Janeiro descobriu que milicianos planejavam executar o deputado Marcelo Freixo.

Segundo um relatório, o político seria morto no próximo sábado durante um encontro em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Por conta da ameaça, o evento foi cancelado.

Ainda de acordo com o documento, um policial militar e dois comerciantes são apontados como participantes do plano.

Eles são ligados a um grupo de milicianos da Zona Oeste, investigado pela Divisão de Homicídios (DH) pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, ocorrido em 14 de março deste ano.

Os suspeitos também possuem relação com controle de operações ilegais da máfia dos caça-níquéis e do jogo do bicho.

O relatório foi feito na quarta-feira (12) e policiais civis, militares, agentes da contrainteligência da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança do Rio, além de promotores do Ministério Público estadual receberam cópias.

No Twitter, o deputado se pronunciou sobre o assunto. “No mês em que a CPI das Milícias completa 10 anos, voltei a ser ameaçado”, disse.

Adaptado da fonte O Dia
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -