Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Policiais se rebelam contra Evo Morales na Bolívia

Policiais se rebelam contra Evo Morales na Bolívia
COMPARTILHE

Forças de segurança se rebelam contra Evo na Bolívia e se negam a reprimir manifestantes da oposição.

Policiais das cidades bolivianas de Cochabamba, Sucre e Santa Cruz se rebelaram, nesta sexta-feira (8), contra a controversa vitória eleitoral de Evo Morales.

As forças de segurança afirmaram que não reprimirão mais os manifestantes da oposição que exigem a renúncia do presidente.

A revolta teve início em Cochabamba, quando um policial com o rosto coberto anunciou, no Quartel-General da Unidade Tática de Operações: “Estamos amotinados”.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, outro policial acrescentou: “Vamos estar com o povo, não com os generais”.

Evo Morales, de 60 anos, no poder desde 2006, ignora as reivindicações da oposição, que o acusa de “fraude” eleitoral. Um auditoria confirmou, também nesta sexta, diversas irregularidades no último pleito.

A oposição exige sua saída, a anulação das eleições e uma nova disputa sem Morales como candidato. O mandatário boliviano rebate, alegando que o pleito foi limpo, e exige que os resultados sejam respeitados.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE