- PUBLICIDADE -

Poligamia liberada na Alemanha: apenas para refugiados

- PUBLICIDADE -

Um documentário transmitido pela Spiegel TV sobre uma família síria vivendo na Alemanha está causando controvérsia no país.

Ahmad A., de 32 anos, vive com suas duas esposas e seis crianças no distrito de Pinneberg. Sua segunda esposa tinha apenas 13 anos quando Ahmad se casou com ela na Síria.

Enquanto a poligamia é proibida na Alemanha, Ahmad recebeu permissão para trazer sua segunda esposa para o país baseado no fato de que ela é mãe de 4 dos 6 filhos do muçulmano.

Ahmad não entende a controvérsia causada por seu relacionamento poligâmico, porque ele é muçulmano devoto e segue a Lei de Sharia, que permite a poligamia.

A família fugiu da cidade síria de Aleppo em 2015 e agora está vivendo às custas dos benefícios oferecidos pelo governo alemão da chanceler Angela Merkel aos refugiados que conseguem entrar no país.

Durante a reportagem, Ahmad disse que sempre quis ir para a Alemanha e admitiu: “Há apoio aqui. Eles nos dão benefícios sociais. Eles nos deram esta casa“.

https://www.youtube.com/watch?v=B01IHWLR_uI

Com informações de: [Bild]

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -