Português   English   Español

Poligamia liberada na Alemanha: apenas para refugiados

Um documentário transmitido pela Spiegel TV sobre uma família síria vivendo na Alemanha está causando controvérsia no país.

Ahmad A., de 32 anos, vive com suas duas esposas e seis crianças no distrito de Pinneberg. Sua segunda esposa tinha apenas 13 anos quando Ahmad se casou com ela na Síria.

Enquanto a poligamia é proibida na Alemanha, Ahmad recebeu permissão para trazer sua segunda esposa para o país baseado no fato de que ela é mãe de 4 dos 6 filhos do muçulmano.

Ahmad não entende a controvérsia causada por seu relacionamento poligâmico, porque ele é muçulmano devoto e segue a Lei de Sharia, que permite a poligamia.

A família fugiu da cidade síria de Aleppo em 2015 e agora está vivendo às custas dos benefícios oferecidos pelo governo alemão da chanceler Angela Merkel aos refugiados que conseguem entrar no país.

Durante a reportagem, Ahmad disse que sempre quis ir para a Alemanha e admitiu: “Há apoio aqui. Eles nos dão benefícios sociais. Eles nos deram esta casa“.

Com informações de: [Bild]

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter