Polônia diz que vai se defender de ataque judicial da União Europeia

Idiomas:

Português   English   Español
Polônia diz que vai se defender de ataque judicial da União Europeia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo da Polônia afirmou nesta segunda-feira (24) que está disposto a “defender suas razões constitucionais e legais” no Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE).


A Comissão Europeia (CE) anunciou hoje sua intenção de levar a Polônia à Justiça por conta de uma reforma do Tribunal Supremo.

Segundo a CE, a reforma “viola o princípio da independência judicial” e é, portanto, “incompatível com as leis europeias”.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

A decisão da CE “não é surpreendente”, após “muitos meses” de desacordos entre Bruxelas e Varsóvia, disse a porta-voz do governo polonês, Joanna Kopcinska, em entrevista com a agência estatal “PAP”.

Joanna adiantou que a Polônia só se posicionará a respeito da denúncia de Bruxelas quando obtiver do TJUE os documentos pertinentes.

A porta-voz acrescentou que só uma sentença definitiva do TJUE pode obrigar um Estado membro a mudar sua legislação.

A reforma do Supremo é mais um dos litígios entre Bruxelas e Varsóvia desde que o partido Lei e Justiça (PiS) ganhou por maioria absoluta as eleições gerais de 2015 e iniciou uma série de polêmicas modificações legais que muitos entendem que têm como objetivo consolidar seu poder.

 

Adaptado da fonte EFE

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...