Português   English   Español

Polônia prende funcionário chinês da Huawei por espionagem

Polônia prende funcionário chinês da Huawei por espionagem
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O departamento de Segurança Nacional da Polônia prendeu um cidadão chinês funcionário da fabricante de smartphones Huawei por suspeita de espionagem.

Segundo a agência estatal “PAP“, um cidadão da Polônia também foi detido na operação.

O vice-diretor dos serviços de inteligência, Maciej Wasik, afirmou:

O cidadão chinês é um homem de negócios que trabalha para uma importante empresa de eletrônica, enquanto o polonês é conhecido no setor de negócios cibernéticos.

As prisões foram efetuadas na última quinta-feira (10), e as autoridades também fizeram operações de busca nos escritórios da Huawei e da Orange – onde o polonês trabalhava.

As empresas são duas das principais provedoras de comunicações da Polônia.

Por meio de uma nota, a Huawei disse que “cumpre todas as leis e regulações nos países onde opera e pede que cada funcionário” faça o mesmo, informa a agência “ANSA“.

No ano passado, a diretora financeira da empresa chinesa, Meng Wanzhou, foi presa em Vancouver, no Canadá, a pedido da Justiça dos Estados Unidos.

Ela é acusada de violar as sanções americanas ao regime islâmico do Irã e foi libertada mediante pagamento de fiança.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...