Português   English   Español

População da Alemanha cada vez mais alinhada à direita

Pesquisa aponta crescimento no número de cidadãos com tendências populistas, sobretudo no “centro” da sociedade da Alemanha: eles já somam quase um terço do eleitorado.

Os eleitores da Alemanha estão cada vez mais propensos ao populismo, constata o estudo Populismusbarometer 2018 (Barômetro do Populismo 2018), divulgado nesta segunda-feira (01) pela Fundação Bertelsmann.

A pesquisa aponta que 30,4% dos entrevistados, ou seja, quase um terço dos eleitores, apresentam tendências populistas.

Para o estudo, o populismo manifesta geralmente com bandeiras anti-establishment, pró-soberania do povo e antipluralista. Isto é, todos aqueles que não estão alinhados à agenda globalista.

O relatório afirma ainda o avanço do populismo é evidenciado principalmente pelo fortalecimento do partido de direita Alternativa para a Alemanha (AfD). Atualmente, a legenda é a maior força de oposição no Parlamento alemão e cujo crescimento já vem sendo captado por pesquisas de opinião.

As estimativas do Barômetro do Populismo são baseadas em duas pesquisas encomendadas ao instituto de opinião Infratest-dimap em maio e agosto, das quais participaram, em cada uma, cerca de 3.400 eleitores.

 

Adaptado da fonte DW

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter