Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

População de Búzios protesta contra novas medidas restritivas

População de Búzios protesta contra novas medidas restritivas
Imagem: Brenno Carvalho / Agência O Globo
COMPARTILHE

Os hotéis de Búzios terão 72 horas para desocupar seus quartos. Novas reservas estão proibidas.

A população de Búzios, no Rio de Janeiro, protesta desde a manhã desta quinta-feira (17) contra as medidas restritivas impostas em meio à pandemia de coronavírus.

Centenas de pessoas fecharam o acesso ao Centro de Búzios durante a manifestação, com o trânsito bloqueado nos dois sentidos no trevo de acesso à Praia da Ferradura.

Nos cartazes, manifestantes afirmam que “lockdown é igual a fome e pobreza” e que “todos precisam trabalhar”.

De acordo com decisão judicial, hotéis, pousadas e outros meios de hospedagem de Búzios, no Rio de Janeiro, devem ser fechados a partir desta quinta-feira (17).

A decisão da Justiça acontece devido ao aumento de número de casos de coronavírus e da ocupação de leitos hospitalares no município.

Os hotéis terão 72 horas para desocupar seus quartos. Novas reservas estão proibidas.

A determinação judicial também atinge as praias do município. Todas devem ser fechadas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
1 mês atrás

Num primeiro momento essa pandemia enganou muitos, mas o povo já percebeu a farsa.

isaac
isaac
1 mês atrás

pq a única solução é fechar tudo ? Existe cura. é só tratar precocemente com os remédios certos. Mas escondem isso do povo por algum motivo.

PUBLICIDADE