Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

População de Cuba sofre com os apagões constantes

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
População de Cuba sofre com os apagões constantes

Apesar da promessa do regime comunista, apagões em Cuba seguem acontecendo com uma frequência alarmante.

A ditadura de Cuba prometeu, há cerca de um mês, que não haveria “apagões planejados” neste verão.

A população da ilha está denunciando, no entanto, as constantes quedas de energia por várias horas em todo o país.

De acordo com site de notícias cubano independente 14yMedio, Pinar del Río, Artemisa, Mayabeque, Villa Clara, Cienfuegos, Camagüey, Las Tunas, Holguín e Santiago de Cuba são as províncias mais afetadas.

As redes sociais estão sendo, como em outros pleitos, uma plataforma de protesto na ilha comunista. A hashtag #ReportoApagonCuba, por exemplo, alcançou um grande volume no Twitter.

A geração de energia em Cuba se baseia principalmente nas importações de petróleo da Venezuela e há um aumento do consumo durante o verão, quando há mais eletrodomésticos conectados às redes, informa o jornal Gazeta do Povo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email