Português   English   Español

Por ordem de Lula, Brasil mantém agência ineficiente em Cuba há 10 anos

Por ordem de Lula, Brasil mantém agência ineficiente em Cuba há 10 anos

Por ordem de Lula, o governo do Brasil banca em Havana, capital de Cuba, desde 2008, escritório que mais parece cabide de empregos.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) instalou em 2008 um escritório de representação na ilha comunista de Cuba para “desenvolver competitividade de empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios”.

A ideia foi um fracasso retumbante. As exportações para Cuba caíram de US$526,6 milhões em 2008 para US$346,2 milhões em 2017.

A Apex não explica seu desempenho ínfimo na ilha. Há informações indicando que a representação não passa de um cabide de empregos petistas.

Quem manda na Apex é o conselho deliberativo, chefiado pelo governo federal. A opção por Cuba foi do então presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Adaptado da fonte Diário do Poder

Deixe seu comentário

Veja também...