Por ordem de Lula, Brasil mantém agência ineficiente em Cuba há 10 anos

Idiomas:

Português   English   Español
Por ordem de Lula, Brasil mantém agência ineficiente em Cuba há 10 anos
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Por ordem de Lula, o governo do Brasil banca em Havana, capital de Cuba, desde 2008, escritório que mais parece cabide de empregos.


A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) instalou em 2008 um escritório de representação na ilha comunista de Cuba para “desenvolver competitividade de empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios”.

A ideia foi um fracasso retumbante. As exportações para Cuba caíram de US$526,6 milhões em 2008 para US$346,2 milhões em 2017.

A Apex não explica seu desempenho ínfimo na ilha. Há informações indicando que a representação não passa de um cabide de empregos petistas.

Quem manda na Apex é o conselho deliberativo, chefiado pelo governo federal. A opção por Cuba foi do então presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Adaptado da fonte Diário do Poder

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...