Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Governo garante que dados da Previdência não são sigilosos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Porta-voz garante que dados da Previdência não são sigilosos

Governo garantiu que os dados que embasaram a proposta de reforma são públicos e podem ser acessados por qualquer cidadão.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta segunda-feira (22) que o Ministério da Economia, comandado pelo ministro Paulo Guedes, garante que o acesso aos dados que embasaram a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência é público e pode ser acessado por qualquer cidadão.

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira (22), o general Rêgo Barros afirmou:

“O ministério da Economia posicionou-se com a seguinte informação: conforme tem sido informado desde que a proposta foi enviada, os dados que embasam a PEC foram amplamente divulgados e constam na exposição de motivos. Cabe ressaltar que o modelo de análise de dados previdenciários é público e pode ser acessado por qualquer cidadão.”

O porta-voz informou ainda que os dados sobre a reforma da Previdência serão esmiuçados na comissão especial da Câmara que analisará o mérito da matéria.

Atualmente, a proposta ainda está sendo analisada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Casa, que analisa a constitucionalidade da matéria.

Segundo o portal R7, o porta-voz completou:

“Dados desagregados de economia serão apresentados na comissão especial. Toda as informações serão iluminadas e todas as perguntas respondidas na comissão de mérito.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias