Pré-candidata comunista desafia Justiça e estimula greve dos petroleiros

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A pré-candidata à Presidência da República, Manuela D’Ávila, membro do Partido Comunista do Brasil (PC do B), declarou apoio a greve dos petroleiros através da sua conta pessoal no Twitter.

O movimento grevista teve início nesta quarta-feira (30) apesar de ter sido proibido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

A ministra Maria de Assis Calsing disse que a greve “beira o oportunismo e estipulou multa de R$ 500 mil por dia de greve.

A pré-candidata comunista Manuela criticou a decisão da Justiça.

E, apesar do posicionamento claro do TST, ela não deixou de estimular o movimento grevista.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.