Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Prefeito tucano condenado por beijar mulheres à força

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Prefeito tucano condenado por beijar mulheres à força

O atual prefeito de Pirassununga, Ademir Alves Lindo (PSDB) foi condenado por improbidade administrativa após ser acusado de assediar e beijar quatro mulheres à força.

Ademir Alves Lindo, que exerce seu terceiro mandato na administração de Pirassununga, foi sentenciado à suspensão dos direitos políticos por cinco anos e ao pagamento de multa de 100 vezes o valor de sua remuneração percebida à época dos fatos.

A decisão foi tomada em ação civil pública pelo juiz Rafael Pinheiro Guarisco, da 2ª Vara de Pirassununga, no interior de São Paulo.

As informações foram divulgadas pelo site do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e reproduzidas pelo jornalista Fausto Macedo, no jornal “Estadão“.

Consta dos autos que o prefeito supostamente se insinuou sexualmente em diversas oportunidades a mulheres que o procuravam para pedir ajuda por problemas de saúde ou em busca de colocação profissional.

Para o magistrado, é inadmissível querer reduzir os fatos ocorridos no gabinete apenas às esferas criminal ou cível.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email