- PUBLICIDADE -

Prefeitura de SP fecha mais de mil comércios em meio à pandemia

São Paulo declara estado de emergência por coronavírus
Imagem: Divulgação/Secom

Para voltar a funcionar, os estabelecimentos interditados deverão solicitar a reabertura na subprefeitura.

- PUBLICIDADE -

A prefeitura de São Paulo já interditou mais de 1 mil estabelecimentos por descumprimento das medidas de combate à pandemia de coronavírus

Destes locais, 616 eram bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias. Além do fechamento, foram aplicadas multas de R$ 9.231,65 para cada 250 m² do estabelecimento. 

Nesta segunda-feira (24), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse que o mais importante é a conscientização:

“Não há fiscalização suficiente se a população não compreender, não participar, não ajudar. Seja diretamente até ligando no 156 para fazer uma denuncia de uma festa clandestina, de um bar operando depois das 22h, mas até para cobrar responsabilidade das pessoas, quanto mais gente se envolver, melhor.”

Para voltar a funcionar, os comércios interditados deverão solicitar a reabertura na subprefeitura, destaca o portal Terra.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -