- PUBLICIDADE -

Premiê admite que Japão pode rever financiamento da OMS

Imagem: REUTERS/Alexandre Meneghini
- PUBLICIDADE -

“É verdade que existem lá alguns problemas e questões a serem resolvidas”, disse o premiê japonês. 

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, afirmou que, assim como os Estados Unidos, o país asiático também estuda a revisão de seu financiamento à Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com Abe, essa decisão só deve ser tomada após o fim da pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de 2 milhões de pessoas mundo afora.

Em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (17), o líder japonês declarou:

“Nós devemos continuar apoiando firmemente a OMS neste momento. Entretanto, é verdade que existem lá alguns problemas e questões a serem resolvidas.” 

E completou:

“É necessário analisar isso quando o surto do novo coronavírus terminar.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -