Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Premiê anuncia desconfinamento progressivo no Reino Unido

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COLUNA | Boris Johnson: um perfil
COMPARTILHE

Premiê britânico chegou a ser internado na UTI depois ser infectado pelo novo coronavírus.

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, introduziu, neste domingo (10), um plano de desconfinamento “condicional” do segundo país com maior número de mortes por coronavírus do mundo.

Uma parte dos britânicos vai voltar ao trabalho nesta semana, mas o Reino Unido permanecerá confinado até junho, quando reabrirá escolas primárias e lojas.

Em mensagem de televisão em cadeia nacional, Johnson disse que seria loucura jogar fora o que foi alcançado, permitindo um segundo pico “de infecções” por Covid-19.

Diante das sérias consequências econômicas do confinamento, que está em vigor desde 23 de março, o governo decidiu convocar setores como construção e indústria a retomar o trabalho a partir desta segunda-feira (10).

“Devem trabalhar se não puderem trabalhar em casa”, disse Johnson em seu discurso, de acordo com a agência France-Presse.

O Reino Unido é o país europeu com o maior número de mortes pelo coronavírus, com mais de 31 mil vítimas fatais, e o segundo do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, cuja população é quase cinco vezes superior.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.