Premiê da Bélgica tece críticas aos passes sanitários

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“A solução nunca pode ser organizar a nossa vida com passes”, diz premiê belga.

O primeiro-ministro Alexander De Croo, da Bélgica, afirmou que a implementação de um certificado de vacinação para a população ter acesso à maioria dos estabelecimentos públicos no país é desnecessária.

A medida está sendo adotada em outras nações da Europa, mas gerando duras críticas, como na França e na Itália.

Em entrevista ao jornal francês La Dernière Heure, De Croo declarou:

“A solução nunca pode ser organizar a nossa vida com passes. O nosso índice de vacinação é muito maior que o da França. Não precisamos dessas medidas.”

O primeiro-ministro destacou que o certificado “faz sentido” para grandes eventos, mas considera que “deve ser temporário, apenas até setembro”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.