- PUBLICIDADE -

Premiê da Hungria repudia livro infantil pró-homossexualismo

'Não queremos misturar Islã à nossa cultura', diz premiê da Hungria
- PUBLICIDADE -

"Deixem nossos filhos em paz”, alertou o premiê húngaro.

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, criticou, neste domingo (4), o lançamento de um livro infantil que valoriza a homossexualidade.

Em entrevista a uma rádio pública, Orban declarou:

“A Hungria tem leis sobre a homossexualidade que são baseadas em uma perspectiva excepcionalmente tolerante e paciente. Mas há uma linha vermelha que não deve ser cruzada.”

Orban classificou o lançamento do livro como um “ato de provocação”:

“Para resumir minha opinião: deixem nossos filhos em paz.”

O livro de contos e lendas foi publicado recentemente por uma associação da comunidade LGTB

Na obra, algumas histórias foram transformadas, como a da Cinderela que vira uma garota lésbica, ou a de uma matadora de dragões transgênero, destaca a agência France-Presse.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -