Premiê do Canadá admite que cometeu ‘erro’ em contrato com ONG

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

ONG admitiu ter pago o equivalente a US$ 220 mil à mãe, ao irmão e à esposa de Trudeau por exposições e palestras.

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá, pediu desculpas, nesta segunda-feira (13), por não se excluir das discussões sobre um contrato governamental de uma ONG que pagou grandes quantias de dinheiro à sua família.

Em uma coletiva de imprensa, segundo a agência France-Presse, Trudeau declarou:

“Cometi um erro ao não me excluir imediatamente das discussões, dada a nossa história familiar. E estou sinceramente arrependido.”

O pedido de desculpas acontece em meio às denúncias da oposição sobre um contrato milionário concedido pelo governo à organização de desenvolvimento e defesa juvenil WE Charity.

Trudeau completou:

“Não sabia em detalhes quanto várias organizações lhe pagavam, mas deveria saber e lamento profundamente.”

A ONG admitiu ter pago o equivalente a US$ 220 mil à mãe, ao irmão e à esposa de Trudeau por exposições e palestras.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.