- PUBLICIDADE -

Premiê quer reduzir papel da Huawei na rede 5G no Reino Unido

TIM instala antena 5G da Huawei para testes em Florianópolis
- PUBLICIDADE -

No final de janeiro, o governo britânico deu luz verde à participação da Huawei.

O primeiro-ministro Boris Johnson pretende reduzir o papel da gigante de telecomunicações Huawei, da China, na rede 5G do Reino Unido.

De acordo com dois jornais britânicos¹, Johnson pediu para sua administração que preparasse um projeto para “zerar” a participação da Huawei “até 2023” nas infraestruturas da 5G britânica.

As publicações enfatizam que Boris Johnson enfrenta preocupações crescentes² com esse assunto em meio ao clima de desconfiança em relação a Pequim.

O regime comunista chinês vem sendo acusado de falta de transparência na gestão da pandemia de coronavírus.

Os Estados Unidos, principal aliado britânico, suspeitam que a Huawei espione em favor da China e estão fazendo o possível para bloqueá-la no mercado 5G.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -