- PUBLICIDADE -

Presença de Hezbollah e EI na Venezuela denunciada na OEA

Presença de Hezbollah e EI na Venezuela denunciada na OEA
- PUBLICIDADE -

Delegado do presidente interino na OEA denuncia presença de Hezbollah e Estado Islâmico na Venezuela.

O representante permanente da Venezuela na OEA, Gustavo Tarré, afirmou nesta quinta-feira (2) que os grupos terroristas Hezbollah e Estado Islâmico (EI) operam no território do país, assinalando que o país se tornou um “centro importante do terrorismo mundial”.

Durante sessão extraordinária do Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA), Tarré afirmou que o território venezuelano se tornou um “fator de instabilidade para a paz em toda a região”, destacando a ingerência de Cuba, Rússia e Irã.

Designado pelo presidente interino Juan Guaidó, Tarré afirma que a Venezuela também se “envolve em conflitos intercontinentais, como a guerra na Síria, em atividades contra a existência do Estado de Israel, e tem uma relação privilegiada com o Irã”.

“Sabemos ainda da existência de centros de treinamento e do fornecimento de documentos a terroristas do Hezbollah e do Estado Islâmico […], o que tem tornado a Venezuela um centro importante do terrorismo mundial”, denunciou Tarré.

Segundo a ISTOÉ, o diplomata advertiu que esta “ameaça” de interferência externa “não se limita às fronteiras venezuelanas, e está se alastrando pelo continente americano, o hemisfério ocidental”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -