Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Presença do Paquistão em Conselho da ONU é criticada

Presença do Paquistão em Conselho da ONU é criticada
COMPARTILHE

Governo do Paquistão não repudiou a decapitação de um professor francês em Paris.

A presença do Paquistão no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU) continua sendo duramente criticada. 

Sediada em Genebra, a ONG UN Watch citou o histórico paquistanês e disse que a presença do país neste painel é “intolerável”. 

A organização acrescentou que as minorias religiosas no país do sul da Ásia sofrem discriminação, violência sectária e conversões forçadas ao Islamismo

Semanas atrás, o governo do Paquistão não condenou a decapitação de um professor francês nas ruas de Paris por um terrorista islâmico. 

O premiê paquistanês, Imran Khan, alegou que a “blasfêmia sob o manto da liberdade de expressão é intolerável”. 

“Sua presença no Conselho de Direitos Humanos da ONU é intolerável”, rebateu a UN Watch. Confira. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE