Presidente chileno promete reduzir burocracia para facilitar investimento

O novo presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou 12 medidas de desburocratização, entre as quais se destaca a criação de um gabinete de gestão de projetos sustentáveis.

Sebastián Piñera anunciou nesta segunda-feira (14) medidas para reduzir a burocracia e agilizar os processos para a autorização de grandes projetos após constatar que há investimentos pendentes avaliados em 65 bilhões de dólares que gerariam 250 mil empregos no país.

“Executar esses projetos é fundamental para que o Chile volte a crescer com força”, disse o mandatário rodeado dos ministros da área econômica.

De acordo com informações da EXAME:

Entre as 12 medidas anunciadas, a mais importante é a criação de um Gabinete de Gestão de Projetos Sustentáveis que permitirá agilizar os processos de autorização dos grandes projetos de investimentos país, tanto públicos como privados.

Soma-se a isso um projeto de lei chamado de “Agenda Pró-Investimento”, que buscará promover o clima e o cenário jurídico propícios para atrair capitais, “eliminando travas regulatórias e injetando eficiência e modernização no Estado”.

Segundo relatório do Ministério de Economia, há 203 projetos pendentes no valor de 65 bilhões de dólares, quase metade deles no setor da mineração.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *