Presidente da Abcam não tem controle sobre os grevistas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O presidente da Associação Brasileira doas Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse nesta segunda-feira (28), em Brasília, que pessoas “que querem derrubar o governo” continuam a greve, não os caminhoneiros.

Segundo o presidente da Abcam, os grevistas que continuam paralisados estão utilizando “ameaças de forma violenta” e tirou o corpo fora: “não tenho nada a ver com isso”.

Após aceitar o acordo proposto pelo presidente Michel Temer, José da Fonseca Lopes tentou fazer com que os caminhoneiros finalizassem a paralisação, mas seu chamado foi ignorado.

O número de rodovias federais com bloqueios parciais continuam subindo e a greve não dá sinais de enfraquecimento.

Apesar dos novos números, o líder da Abcam continua com um discurso fora da realidade. De acordo com o portal Terra:

O presidente da Associação Brasileira doas Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que entre 70% e 80% dos caminhoneiros que participavam das manifestações nas rodovias do país já “levantaram acampamento” nos pontos de obstrução.

A expectativa é de que a desmobilização seja concretizada até o final desta terça-feira (29).

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.