Presidente da Abcam não tem controle sobre os grevistas

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O presidente da Associação Brasileira doas Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse nesta segunda-feira (28), em Brasília, que pessoas “que querem derrubar o governo” continuam a greve, não os caminhoneiros.

Segundo o presidente da Abcam, os grevistas que continuam paralisados estão utilizando “ameaças de forma violenta” e tirou o corpo fora: “não tenho nada a ver com isso”.

Após aceitar o acordo proposto pelo presidente Michel Temer, José da Fonseca Lopes tentou fazer com que os caminhoneiros finalizassem a paralisação, mas seu chamado foi ignorado.

O número de rodovias federais com bloqueios parciais continuam subindo e a greve não dá sinais de enfraquecimento.

Apesar dos novos números, o líder da Abcam continua com um discurso fora da realidade. De acordo com o portal Terra:

O presidente da Associação Brasileira doas Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que entre 70% e 80% dos caminhoneiros que participavam das manifestações nas rodovias do país já “levantaram acampamento” nos pontos de obstrução.

A expectativa é de que a desmobilização seja concretizada até o final desta terça-feira (29).

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações