- PUBLICIDADE -

Presidente da Alesp nega pedidos de impeachment contra Doria

Doria vai monitorar celulares dos paulistas para analisar isolamento
Imagem: Reprodução/EBC
- PUBLICIDADE -

Os pedidos foram feitos com base em decisões de Doria especialmente em relação à pandemia de coronavírus.

Cauê Macris (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), indeferiu, nesta sábado (30), três pedidos de impeachment apresentados contra o governador João Doria (PSDB).

Os requerimentos foram feitos pelo advogado Edilberto Acácio da Silva, pelo senador Major Olímpio (PSL-SP) e por um grupo de deputados estaduais, a maioria do Partido Social Liberal (PSL).

Os pedidos foram feitos com base em algumas decisões de Doria especialmente em relação à pandemia de coronavírus.

Em comum, os três requerimentos alegam que o governador feriu os direitos constitucionais de liberdade de ir e vir e de privacidade.

Ao comentar sobre as medidas de Doria para combater a disseminação do coronavírus, o presidente da Alesp afirmou que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu que as medidas são de competência dos Estados e municípios.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -