- PUBLICIDADE -

Presidente da Argentina tenta consertar comentário racista

Fernández ameaça Argentina com novo lockdown
- PUBLICIDADE -

“Eu não quis ofender ninguém”, lamenta Fernández.

O presidente Alberto Fernández, da Argentina, pediu desculpas, nesta quarta-feira (9), após proferir um comentário racista durante encontro com o premiê Pedro Sánchez, da Espanha

Os mexicanos vieram dos indígenas, os brasileiros, da selva” e os argentinos de “barcos vindos da Europa”, foram as palavras do mandatário argentino em um evento na Casa Rosada, na capital Buenos Aires.

O comentário não pegou bem, sendo duramente criticado nas redes sociais. Muitos usuários acusaram o esquerdista Fernández de xenofobia e racismo.

Em mensagem no Twitter, horas depois, Fernández pediu desculpas pelas palavras:

“Eu não quis ofender ninguém. Mas, em todo o caso, para quem se sentiu ofendido ou invisível, as minhas desculpas.”

No entanto, o presidente da Argentina tentou encontrar uma justificativa para o comentário inadequado, afirmando que o país recebeu mais de 5 milhões de imigrantes durante a primeira metade do século XX.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -