Presidente da Câmara defende fundão eleitoral

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Não é obrigado os partidos usarem”, justifica Lira.

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, defendeu a aprovação do fundo público de R$ 5,7 bilhões para custear campanhas políticas.

Em entrevista ao blog O Antagonista, nesta segunda-feira (9), Lira disse que “quem não quer financiamento público simplesmente não usa”: 

“Não é obrigado os partidos usarem. Não é obrigado os parlamentares usarem. Eu conheço vários, que votam contra na hora de uma votação como essa e, na eleição, vão pedir fundos eleitorais públicos aos seus partidos”, disse Lira, que prosseguiu.”

Arthur Lira acrescentou:

“Esse dinheiro não mexe na saúde, não mexe na educação, não mexe em obras, não tira dinheiro de nenhum canto carimbado constitucionalmente. Eleições são suportadas pelas emendas de bancadas obrigatórias dos parlamentares, que podem responder por até 60% 70%.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.