- PUBLICIDADE -

Presidente da Fifa cogita adiar Eurocopa por causa do coronavírus

Presidente da Fifa cogita adiar Eurocopa por causa do coronavírus
Imagem: Reprodução/FIFA
- PUBLICIDADE -

Eurocopa terá início em 12 de junho, na Itália, com a final marcada para 12 de julho, no estádio de Wembley, na Inglaterra.

O suíço Gianni Infantino, presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), está em Amsterdã, nos Países Baixos, para participar do Congresso da Uefa, que começou nesta terça-feira (3) 

Ao lado do esloveno Aleksander Ceferin, presidente da entidade europeia, Infantino não garantiu a realização da Eurocopa neste ano por causa do coronavírus:

“Não podemos descartar nada, mas não podemos entrar em pânico. Pessoalmente, não estou preocupado, mas devemos avaliar seriamente a situação, embora esperamos não avançar em direção a uma suspensão de eventos em escala global.”

A expectativa é de que a transmissão do vírus apresente uma redução e as competições de futebol possam ocorrer normalmente.

Pouco depois das declarações do chefe da Fifa, segundo o site Metrópoles, Ceferin contestou a informação:

“Todo organizador de competição tem que estudar medidas e, por suposto, tomar decisões. O direito da confederações de organizar competições continentais é inalienável.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -