Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

Presidente da Petrobras sai em defesa de Moro e da Lava Jato

Presidente da Petrobras sai em defesa de Moro e da Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“A Petrobras foi vítima de um assalto, foi saqueada por uma organização criminosa que composta por políticos corruptos”, disse o presidente Castello Branco.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou, nesta segunda-feira (1º), que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e a força-tarefa da Operação Lava Jato devem ser considerados heróis por terem livrado a estatal de um elaborado esquema de corrupção.

Castello Branco também afirmou que a divulgação de mensagens entre Moro e procuradores é uma “tentativa desesperada” de parar a operação.

Em palestra para executivos promovido pelo grupo empresarial Lide, o presidente da estatal declarou:

“Vejo hoje algumas pessoas de inclinação criminosa tentando denegrir a imagem desses profissionais que devem ser considerados heróis.”

E, segundo o jornal Folha de S. Paulo, acrescentou:

“Esse episódio é uma tentativa desesperada de denegrir a imagem do ministro e a força-tarefa.”

Castello Branco iniciou seu discurso defendendo Moro e a força-tarefa:

“No passado recente, a Petrobras foi vítima de um assalto, foi saqueada por uma organização criminosa composta por políticos corruptos, funcionários criminosos e capitalistas que não gostam do capitalismo. Eu gostaria de ressaltar e agradecer ao hoje ministro Sergio Moro e à força-tarefa de Curitiba, que foi importantíssima para descobrir e punir esses criminosos.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...