- PUBLICIDADE -

Presidente do Brasil lamenta morte de Paulo Gustavo

Presidente do Brasil lamenta morte de Paulo Gustavo
- PUBLICIDADE -

Em mensagem no Twitter, o presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou a morte do ator.

Um dos artistas mais populares e admirados do Brasil morreu, nesta terça-feira (4), aos 42 anos, em decorrência da Covid-19. C

Criador de personagens icônicos como “Dona Hermínia“, o ator e humorista Paulo Gustavo estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O quadro de saúde de Paulo Gustavo piorou na noite de domingo (2), quando sofreu uma embolia pulmonar.

Em mensagem no Twitter, o presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou a morte do ator.

“Com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil”, escreveu Bolsonaro. Confira o tuíte.

Paulo Gustavo deixa o marido, Thales, e dois filhos pequenos, Gael e Romeu, além do pai, Júlio Marcos, da irmã, Juliana Amaral, e da mãe, Déa Lúcia Amaral, que inspirou a criação de Dona Hermínia.

Durante os mais de 50 dias de internação do ator, a família compartilhou o dia a dia do tratamento e fez pedidos de oração.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -