Presidente do Chile anuncia projeto para aumentar salário mínimo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A medida faz parte da agenda social que Piñera lançou na esteira dos protestos que assolam o Chile.

Sebastián Piñera, presidente do Chile, enviou, nesta quarta-feira (6), ao Congresso Nacional, um projeto para aumentar o salário mínimo no país. 

A proposta, que beneficiará diretamente 540 mil trabalhadores, vai aumentar o salário de 301 para 350 mil pesos — R$ 1.905 na cotação atual.

O subsídio estatal custará aproximadamente 190 bilhões de pesos (aproximadamente R$ 1 bilhão) aos cofres públicos. 

“Com isso, estamos respondendo com fatos e não apenas com boas intenções ao que as pessoas exigiram com tanta força”, afirmou o presidente, informa o portal MSN.

Os distúrbios sociais no Chile se estendem por 3 semanas e já deixaram 20 mortos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.