Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Presidente do Comitê Olímpico de Tóquio renuncia após criticar mulheres

Presidente do Comitê Olímpico de Tóquio renuncia após criticar mulheres
COMPARTILHE

Mori renuncia por dizer que as mulheres “falam demais”.

Yoshiro Mori, chefe do comitê organizador das Olimpíadas de Tóquio, renunciou ao cargo, nesta sexta-feira (12), depois de ser criticado por fazer comentários considerados “sexistas”. 

Mori afirmou que as mulheres falam demais e que reuniões com várias mulheres podem levar muito tempo. 

Em reunião do comitê, Mori declarou:  

“Minha declaração provocou muito caos. Vou renunciar ao cargo de presidente do comitê.” 

Responsável pela seleção dos atletas olímpicos japoneses, o comitê estabeleceu em 2019 a meta de ter um conselho formado por, no mínimo, 40% de mulheres. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Vicente
Vicente
13 dias atrás

Ele por acaso mentiu? Imagina se ele tivesse o nome inserido nas planilhas da propina da Odebreth, o que lhe aconteceria? Por aqui o vivente é deputado, senador e por aí em diante.

Rodrigo Barbosa dos Santos
Rodrigo Barbosa dos Santos
13 dias atrás

Vai renunciar por falar a verdade que triste

Maria
Maria
13 dias atrás

Pois é, lá, por causa de um comentariozinho besta, o homem renuncia. Aqui, político é pego roubando e não larga o osso. E ainda jura inocência até a morte.