- PUBLICIDADE -

Presidente do Mali renuncia após ser alvo de golpe militar

Presidente do Mali renuncia após ser alvo de golpe militar

“Com todas as consequências legais, dissolvo a Assembleia Nacional e o governo”, diz presidente.

- PUBLICIDADE -

Ibrahim Bubacar Keita, presidente do Mali, anunciou sua renúncia e a dissolução do Parlamento e do governo na madrugada desta quarta-feira (19). 

A decisão foi tomada após ser preso por militares rebeldes. Junto ao mandatário, também havia sido detido o primeiro-ministro, Boubou Cissè.

Em um pronunciamento divulgado pela emissora ORTM, Keita declarou:

“Agradecendo o povo maliano pelo apoio nesses longos anos e pelo calor de seu afeto, quero informá-los da minha decisão de deixar neste momento todas as minhas funções. E com todas as consequências legais, dissolvo a Assembleia Nacional e o governo.”

Após o anúncio de Keita, o grupo militar que liderou o golpe informou que vão organizar uma “transição política civil” para realizar eleições gerais em um “tempo razoável”:

“Nós, as forças patrióticas reagrupadas no Comitê Nacional para a Salvação do Povo (CNSP), decidimos assumir nossas responsabilidades diante do povo e da história. O nosso país, o Mali, cai dia após dia no caos, na anarquia e na insegurança por culpa dos homens responsáveis pelo seu destino.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -