Presidente do Senado diz que decisão de Barroso foi ‘equivocada’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Absolutamente inapropriado para este momento da nação”, diz Pacheco.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou, nesta quinta-feira (8), que vai instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

A criação da CPI foi determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

Pacheco avaliou, no entanto, que a decisão foi “equivocada”:

“Eu considero que é uma decisão equivocada, que invoca precedentes inadequados para o momento do país. O Brasil hoje está num momento de absoluta excepcionalidade, talvez a maior da nossa história, não da nossa geração, mas da nossa história de brasileiros. Então, isso foi desconsiderado pela decisão.”

O senador disse ainda que a comissão poderá ser usada como “palanque político” para as eleições de 2022:

“A CPI poderá ser um papel de antecipação de discussão político-eleitoral de 2022, de palanque político, que é absolutamente inapropriado para este momento da nação.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.