- PUBLICIDADE -

Presidente do Senado pede pacto nacional para enfrentar pandemia

Presidente do Congresso Nacional falou na Associação Comercial de SP.
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Presidente do Congresso Nacional falou na Associação Comercial de SP.

- PUBLICIDADE -

O presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (Democratas), afirmou, nesta segunda-feira (22), que negar a pandemia de coronavírus é uma brincadeira de mau gosto, macabra, medieval, abominável e que não se pode permitir.

Durante palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Pacheco disse que é preciso que o Brasil faça um grande pacto nacional entre os presidentes da República, da Câmara, do Senado, do Supremo Tribunal Federal (STF), procurador da República, governadores e prefeitos, para encontrar soluções para a crise sanitária atual.

Pacheco declarou:

“Que possamos sentar à mesa e entender que a situação é gravíssima e que precisamos encontrar os pontos de convergência. As divergências sempre existirão, mas que sejam dirimidas da melhor forma possível dentro do que a Constituição determina. Cada qual tem o seu ponto de vista, mas não façamos prevalecer o ponto de vista individual sobre o senso comum de urgência e de necessidade de solução desse problemas nacionais que atingem severamente a vida de brasileiros e a economia.”

O senador disse que é preciso dar exemplo à sociedade brasileira de que é necessário tomar os cuidados e medidas contra o novo coronavírus. 

Pacheco falou também que o Brasil precisa de ajuda internacional e de um plano de ação coordenado pelo presidente da República e executado pelo Ministério da Saúde:

“E com a colaboração de nós todos para passarmos por isso de maneira ‘menos pior’ do que temos enfrentado até agora. Há dois caminhos que podemos seguir em uma pandemia, o da união nacional ou do caos nacional. Cabe a nós com amor ao Brasil escolhermos o melhor caminho.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -