Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Presidente do STJ não vê ameaça em fala de Eduardo Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Presidente do STJ não vê ameaça em fala de Eduardo Bolsonaro
COMPARTILHE

João Otávio de Noronha disse que a democracia do Brasil ‘não corre risco’.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, foi um dos poucos no meio jurídico a não ver ameaça na fala do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sobre ser necessário “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo informações do Diário do Poder, o magistrado Noronha disse que estão “exagerando” a importância do que o parlamentar falou. O presidente do STJ declarou:

O Brasil não corre nenhum risco de ter sua democracia arranhada.

O filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) disse que a repercussão tem o único objetivo de atingir a candidatura do pai à Presidência da República.

Através das redes sociais, ele explicou que apenas respondeu a uma “hipótese esdrúxula” de impugnação da candidatura presidencial de Bolsonaro, conforme noticiou Renova Mídia.

No início da tarde desta segunda-feira (22), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, pediu uma investigação sobre a fala do deputado federal mais bem votado da história de São Paulo.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram