Presidente quer banir consumo de carne de cachorro na Coreia do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Presidente da Coreia do Sul sugere banir consumo de carne de cachorro.

Moon Jae-in, presidente da Coreia do Sul, sugeriu, nesta segunda-feira (27), que poderá banir consumo de carne de cachorro no país.

A informação foi divulgada pela porta-voz da presidência, Park Kyung-mee.

Kyung-mee leu um comunicado que foi divulgado após uma reunião de Moon com o premiê sul-coreano Kim Boo-kyum.

Apesar de estar se tornando obsoleta no país asiático, a prática ainda é registrada em algumas partes da península, principalmente entre a população mais idosa.

Essa foi a primeira vez que o presidente sinalizou, de forma bastante enfática, a intenção de aplicar a proibição do consumo de carne deste animal na Coreia do Sul.

O consumo de carne de cachorro é bastante criticado pela comunidade internacional.

Além disso, o assunto tem atraído a atenção de eleitores e tem repercutido entre os presidenciáveis para o pleito de 2022, quando a Coreia do Sul elege seus próximos representantes.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.