Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Presidentes da Câmara e Senado querem novo auxílio emergencial

COMPARTILHE

Em sessão solene, os presidentes da Câmara e do Senado defendem novo auxílio emergencial.

Congresso Nacional deu início oficialmente aos trabalhos em 2021 com a tradicional sessão solene de abertura do ano legislativo.  

O auxílio emergencial esteve presente nos discursos dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira.  

Pacheco lembrou da importância do auxílio emergencial de R$ 600 dado aos economicamente mais vulneráveis em 2020. 

O senador acrescentou que já discute com o governo Jair Bolsonaro algum tipo de auxílio também em 2021. 

Lira seguiu na mesma linha e defendeu o auxílio pago no ano passado como uma das medidas de enfrentamento à crise gerada pela pandemia de coronavírus

Presente na sessão, o presidente da República, Jair Bolsonaro, também citou o auxílio, referindo-se às parcelas já pagas.  

Bolsonaro destacou o pagamento do auxílio a 68 milhões de brasileiros, mas não falou em uma nova edição do auxílio. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
20 dias atrás

Estava na cara que eram mais dois infiltrados do velho sistema para continuar minando o governo. A maneira com que magicamente tiveram apoio maciço de última hora até de alas da oposição, como o PSDB, não indicou que daí sairia boa coisa. Causarão mais endividamento ao quase quebrado país, tornarão às pautas de imposto sindical e outras estrovengas. Em resumo, outro par de sabotadores.

Shinigami
Shinigami
20 dias atrás

E so eles falarem de onde vai vir o dinheiro. E que não seja um novo imposto.

Última edição 20 dias atrás por Shinigami
Sei não
Sei não
Responder  Shinigami
20 dias atrás

kkkk famoso me pague 200 de imposto que eu te dou um auxilio de 100