Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Preso na Operação Capitu tentou descartar dinheiro pela privada

Preso na Operação Capitu tentou descartar dinheiro pela privada
COMPARTILHE

Agentes da Polícia Federal encontraram cerca de R$ 3 mil dentro do vaso sanitário da residência de Mateus Gomes no momento da prisão.

Um dos 17 presos na Operação Capitu, deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (9), o advogado Mateus de Moura Lima Gomes tentou descartar dinheiro pela privada quando os agentes chegaram a sua casa, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a PF, Gomes tentou usar o vaso sanitário para se desfazer de cerca de R$ 3 mil em dinheiro. Os agentes encontraram as cédulas ainda em uma privada da residência.

Entre os presos, além do advogado, que foi diretor vice-presidente da Cemig, também estão o vice-governador do estado Antonio Andrade (MDB), o deputado estadual João Magalhães (MDB-MG), o deputado federal e ex-ministro da Agricultura Neri Geller (PP-MT).

O empresário Joesley Batista, sócio da J&F e dono da JBS, e os ex-executivos da J&F, Ricardo Saud e Demilton de Castro, também foram detidos, assim como outras 10 pessoas, conforme noticiou a Renova Mídia.

Adaptado da fonte Correio Braziliense

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE