Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Pressão da Itália acaba com ONGs transportando migrantes pelo Mediterrâneo

Pressão da Itália acaba com ONGs transportando migrantes pelo Mediterrâneo
COMPARTILHE

O Aquarius, último navio de “resgate” atuando no Mar Mediterrâneo, encerrou as operações nesta sexta-feira (7).

O anúncio oficial foi feito pela ONG francesa Médicos Sem Fronteiras (MSF) na noite de quinta-feira (6), atribuindo a decisão à pressão da Itália e de outros países.

A ONG disse que a decisão de atracar o Aquarius é resultado de uma “campanha de difamação, calúnia e obstrução constante” do governo direitista italiano contra o MSF e a SOS Mediterrâneo.

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, interditou os portos do país várias vezes ao Aquarius, obrigando-o a navegar durante dias com dezenas de refugiados resgatados para encontrar um porto em outros países, conforme noticiou a Renova.

Salvini se recusou a acolher mais imigrantes do Aquarius, exigindo que outras nações da União Europeia recebam uma parcela destes.

O popular líder direitista também disse que navios de resgate como o Aquarius incentivam pessoas a se lançarem ao mar para viajar rumo à Europa.

Adaptado da fonte Reuters

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários