PRF fala sobre 556 pontos de protestos em rodovias federais

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Segundo a Polícia Rodoviária, a maioria dos bloqueios é parcial, já que não impede a livre circulação de veículos que não participam das manifestações.

Apesar das concessões feitas ontem (27) pelo presidente Michel Temer para encerrar a greve dos caminhoneiros, 556 pontos de rodovias federais seguem bloqueados, principalmente na região Sul do Brasil.

As informações foram concedidas em um balanço divulgado na tarde desta segunda-feira (28) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com informações da EXAME:

Com 95 pontos de bloqueio, o Rio Grande do Sul é o Estado com maior número de interdições. Também há grande número de bloqueios em estradas federais do Paraná (84), Santa Catarina (68), Minas Gerais (59) e Bahia (40). No Estado de São Paulo, duas estradas estão interditadas.

Segundo a Polícia Rodoviária, a maioria dos bloqueios é parcial, já que não impede a livre circulação de veículos que não participam das manifestações.

O órgão informa ainda que outros 727 pontos – ou 56% do total que estava em situação de bloqueio – foram liberados até às 8h desta segunda-feira.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.