Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Prima de José Serra na mira da Lava Jato

COMPARTILHE

Perícia da Polícia Federal encontrou transferências que somam R$ 3,2 milhões, entre 2007 e 2008, do empresário José Amaro Pinto Ramos para uma conta na Suíça em nome de Vicencia Talan, uma prima do senador José Serra (PSDB).

Ela é casada com Gregório Preciado, suspeito de intermediar pagamentos indevidos a políticos tucanos.

Em sua delação, o ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis diz ter repassado R$ 4,5 milhões ao tucano José Serra por intermédio de Pinto Ramos entre 2006 e 2007.

Dados sobre as transações financeiras entre a empresa da prima de Serra e a de Pinto Ramos serão requeridos pelos investigadores em Brasília no inquérito que investiga se o senador paulista recebeu propina da Odebrecht.

De acordo com informações do Estadão:

As informações constam de um laudo pericial produzido pela Polícia Federal no inquérito que apura a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, pela Petrobrás. O marido da prima de Serra é suspeito de operar o pagamento de propina na compra de Pasadena.

A perícia analisou a quebra de sigilo das empresas de Preciado. Os dados foram enviados pela Espanha por meio de um acordo de cooperação. Conforme a PF, as transações foram da conta da Iberbrás Integracion no banco espanhol La Caixa para uma conta da Hexagon Technical Co. no Corner Bank na Suíça.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE