Português   English   Español

Primeiro senador preso pela Lava Jato registra candidatura

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Cassado em 2016, Delcídio do Amaral registrou nesta segunda-feira (17) candidatura ao Senado pelo Mato Grosso do Sul.

Primeiro senador a ser preso na Operação Lava Jato, Delcídio do Amaral (PTC) registrou nesta segunda-feira (17) sua candidatura ao Senado em Mato Grosso do Sul.

Ele substitui César Nicolatti (PTC), que desistiu da candidatura e vai concorrer a um mandato de deputado estadual.

Delcídio teve o seu mandato de senador cassado em maio de 2016, dias após ser preso pela Polícia Federal sob suspeita de obstrução da Justiça, com o aval do Superior Tribunal Federal (STF).

A prisão do político foi a primeira vez desde a redemocratização, em 1985, que um senador foi detido no exercício de seu mandato.

Em junho deste ano, ele foi absolvido na uma ação penal em que era acusado de ter participado de um esquema para comprar o silêncio de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras que virou delator na Lava Jato.

Em tese, Delcídio está inelegível por ter tido o seu mandato cassado pelo Senado em 2016.

O ex-senador, contudo, vai brigar na Justiça para reverter a inelegibilidade amparado pela sentença que o inocentou.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações