Português   English   Español

Prisão de Richa complica discurso de vitimização do PT

A prisão do ex-governador Beto Richa (PSDB) esvazia mais um dos discursos vitimistas do PT: aquele segundo o qual o tucano seria “amigo” do juiz Sergio Moro e blindado pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba.

A prisão de um tucano do alto escalão na cidade sede original da Lava Jato enfraquece o discurso de que Lula seria um perseguido político, que será especialmente martelado nesta terça-feira (11) durante a unção de Fernando Haddad como candidato no lugar do presidiário.

A notícia da prisão de Beto Richa também representa uma bomba para a campanha presidencial do tucano Geraldo Alckmin.

A prisão do ex-governador do Paraná é um revés significativo para Alckmin no momento em que sua candidatura já enfrenta sérias dificuldades para se firmar.

Adaptado da fonte BR18

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter