Português   English   Español

Ordem de prisão contra empresário argentino ligado à Kirchner

Cristóbal López – ex-líder de um império de negócios ligado à ex-presidente argentina Cristina Kirchner – recebeu ordem de prisão por evasão fiscal.

López, 61 anos, é acusado de sonegar cerca de 8 bilhões de pesos (445 milhões de dólares) por meio de manobras em seu Grupo Indalo, envolvido em comunicações, petróleo, loterias, alimentos, combustíveis e construções.

O juiz Julián Ercolini decretou a prisão preventiva de López e de seu sócio Fabián De Sousa, comunicou o Centro de Informação Judicial (CIJ).

López e De Souza seguem o mesmo caminho de outros políticos e empresários ligados à ex-presidente, agora senadora pela oposição, todos denunciados por sonegação fiscal.

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter