Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Privatização dos Correios ‘ganha força’ no governo, diz Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Privatização dos Correios 'ganha força' no governo, diz Bolsonaro
COMPARTILHE

“Serviços melhores e mais baratos só podem existir com menos Estado e mais concorrência, via iniciativa privada”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta sexta-feira (7), que a privatização dos Correios “ganha força” no governo.

“Serviços melhores e mais baratos só podem existir com menos Estado e mais concorrência, via iniciativa privada. Entre as estatais, a privatização dos Correios ganha força em nosso governo”, escreveu o Bolsonaro na rede social Twitter.

No mês de abril, o presidente afirmou que deu “sinal verde” para que sejam feitos estudos para a venda da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Na última quinta-feira (6), o atual presidente da estatal, general Juarez Aparecido Cunha manteve seu posicionamento contrário ao projeto de privatização da companhia, afirmando que apenas a parte lucrativa da empresa irá para a iniciativa privada, e os brasileiros terão que arcar com os custos do que restar.

Ainda na quinta, em decisão positiva para o governo, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o processo de venda ou de perda de controle acionário de empresas subsidiárias de estatais não precisa ser aprovado pelo Poder Legislativo.

A Suprema Corte proibiu, entretanto, o governo de vender a chamada “empresa-mãe”, ou seja, a companhia pública ou a sociedade de economia mista, sem autorização dos parlamentares.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram