Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Processo de impeachment contra governador de Santa Catarina avança

Comercio de rua e hoteis estao liberados em Santa Catarina
Imagem: Maurício Vieira / Secom
COMPARTILHE

Moisés é acusado de ter cometido crime ao aumentar salário de procuradores.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) dará início a um processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés, que é filiado ao Partido Social Liberal (PSL).

A decisão foi proferida nesta quarta-feira (22) pelo presidente da Alesc, o deputado Julio Garcia (PSD-SC).

O pedido de impeachment tem como pauta o aumento salarial concedido aos procuradores do Estado via “decisão administrativa”.

O ato, no parecer da procuradoria jurídica da Assembleia, caracteriza crime de responsabilidade praticado por Moisés.

Agora, os acusados têm 15 dias para se manifestar.

Paralelamente, nove deputados da Alesc irão compor uma comissão especial. Uma vez instalado, o colegiado tem 60 dias para elaborar um parecer quanto ao pedido de impeachment, destaca o jornal digital Poder360.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários