- PUBLICIDADE -

Procon fiscalizará práticas abusivas no preço do gás de cozinha

Procon fiscalizara praticas abusivas no preco do gas de cozinha
Imagem: Carlos Júnior/NSC Total

- PUBLICIDADE -

Governo permanece monitorando as medidas adotadas para a garantia do abastecimento do gás de cozinha em meio à pandemia.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) acionou convênio com os Procons dos Estados para elevar a intensidade da fiscalização na comercialização do gás de cozinha (GLP).

Com o aumento de 23% no consumo do produto durante o período de distanciamento social causado pelo novo coronavírus, a agência quer os Procons investigando possíveis práticas de preços abusivos. 

De acordo com a ANP, a população não deve ter motivos para preocupação no que diz respeito ao abastecimento do gás de cozinha. 

A Petrobras importou um volume equivalente a 27,4 milhões de botijões de gás de GLP de 13kg e ampliou sua atual infraestrutura de abastecimento, com o restabelecimento operacional do duto que liga Santos à Mauá.

O trânsito de funcionários e veículos, necessário ao pleno funcionamento das atividades de distribuição e revenda em todo território nacional, foi garantido por estados, municípios, destaca o Ministério de Minas e Energia.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -